MEGAFONE
Sáb, 11 de Novembro de 2017 12:26

Ferrados – Com a documentação em poder do TCE muitos nomes estão arrolados na prestação de contas da extinta e municipalizada Águas de Itapocoroy. O que me deixa espantado, é que além do Gestor de águas da época, (Alessandro R. da Silva), o povo pagava mais de meia dúzia de carrapatos grudados na teta, sem contar que havia ainda um zangão que não satisfeito em mamar em uma secretaria, sugava também na aguas de Itapocoroy, vale lembrar que seu nome também consta na lista de beneficiários. Dona justiça pode ser lenta, mas chega lá. Vamos a guardar o desfecho de mais este episódio.

 


Sujo falando do mal lavado – Ao ouvir o atual prefeito de Penha Aquiles da Costa/PMDB, falar em alto e bom som em tom de crítica ao governo anterior pelo atual estado em que se encontra a escola Antônio José Tiago, (esse foi um problema herdado). Ouvindo esse tipo de argumento me vem à lembrança, de que o atual prefeito de Penha Aquiles era vereador na época da construção dessa escola, e que eu saiba, era seu dever fiscalizar, Junto com os demais vereadores da época: Aquiles, Sergio Melo, Juju, Cleiby, Jefferson, Zeca, Claudiney, Benjamim e Rogério Gomes, lembrando sempre que esta é a real função de um vereador e não ficar apenas de politicagem, como fazem ex-vereadores e ex-mamadores de tetas que usam as redes sociais  para escreverem bobagens, achando que o povo esqueceu que eles também estavam lá e não fiscalizaram. É o sujo falando do mal lavado


Capachos - Se o vereador cobrar com maior rigor o cumprimento das leis e metas pré-estabelecidas, forçará o prefeito a executá-las, sob pena de ter a opinião pública contra si, apesar de que ainda existe prefeito que tenta vender à população que quando o vereador fiscaliza, ele atrapalha a administração. Nenhum prefeito gosta de vereador exercendo esta função. Geralmente eles compram o vereador dando em troca empregos a amigos, familiares e cabos eleitorais. Leva-o sempre consigo nas inaugurações de obras e oferece todo e qualquer tipo de benesses que o poder, possa ofertar para ter o vereador subserviente a seus interesses, tornando esse vereador um verdadeiro capacho.


Voz do povo – Mais uma vez a população mostrou que tem força para realizar mudanças, já que a administração pública não sabe fazer isso. A comunidade se reuniu no salão paroquial do bairro Nossa Senhora de Fatima, para cobrar da atual administração a reforma imediata da escola EBM
Antônio Jose Tiago. É importante lembrar que essa escola foi interditada no início de fevereiro e até o momento nada havia acontecido. Pais e Professores deixaram bem claro para os presentes, que preferem ficar no salão paroquial da Cohab, a se integrarem a escola Horacina Soares Francisco. O que me espantou é o medo que pais e professores tem, que aconteça o mesmo que ocorreu com a (extinta) escola Laci Simão.