MEGAFONE
Sáb, 23 de Setembro de 2017 14:06

Lambança – Você sabia que para participar de uma sessão da câmara mirim os então vereadores mirins são buscados em suas casas com o carro oficial da câmara de vereadores de Penha, e para completar a lambança a casa de leis os esperam com um belíssimo lanche, se bobear tem até mamadeira. Fico cada vez mais indignado com a atitude dos que já conhecem o esquema, ensinam a fazer ou agir de forma completamente errônea, orientando mal os mesmos (vereadores mirins), fica a pergunta: Será que este é o caminho certo para formar os futuros políticos do pais?  É um absurdo esse tipo de atitude quando deveriam ser educados a trabalhar pelo povo e não simplesmente gastar o dinheiro do povo.


Notebook para vereadores - Ao fazer meu papel como cidadão que paga impostos, fui dar uma conferida no portal de transparência e encontrei uma licitação da câmara de vereadores de Penha para comprar notebooks no valor de R$ 35.532,00, com fechamento em 14/09, qual a minha surpresa? Nenhuma empresa teve interesse por esta verbinha. Será que ficaram com dó de abocanhar mais esse dinheiro do povo, sabendo que esses notebooks seriam usados para os vereadores fazerem as votações em plenário de nomenclaturas de ruas, moções de aplausos, de pesar e ficar nas redes sociais enquanto as outras excelências ficam debatendo o sexo dos anjos. Parece até que a casa de Leis de Penha serve apenas para esse tipo de votação? Fico feliz ao constatar que ainda podemos contar com empresários sérios.


Conferência Municipal – Fico me perguntando, porque quase não aparece ninguém em uma Conferencia pública?  Sabemos que esse tipo de evento e um tanto quanto cansativo, mas é de extrema importância para a sociedade. Estive presente e notei que havia apenas a formação da mesa e o público que deveria ser o maior interessado, estava ausente, afinal onde estavam os fiscais do povo (vereadores)? Conversei com o Gilberto Manzoni, membro do Concidade e o mesmo disse: “A divulgação pela prefeitura não está sendo eficiente, deveria atingir o grande público e isso não está ocorrendo”. Parece ironia, mas não estão fazendo a lição de casa como deveriam, ou quem sabe essa seja a real intenção.