270 alunos da rede escolar de Penha se formam no PROERD
Sáb, 26 de Agosto de 2017 14:25

Penha/SC - 270 crianças se comprometeram a jamais usarem drogas. A promessa aconteceu durante a formatura geral do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) realizada no clube Mansão, em Penha, no último dia 24, quinta-feira.
"O grande objetivo é orientar as crianças sobre os efeitos pessoais e sociais da utilização das drogas", explica a instrutora do programa em Penha, a 3ª sargento Julia Gabriela Ramos Bonoto, que coordena a iniciativa desde 2003. O programa é aplicado pela Polícia Militar nas Escolas do município desde 1999, tendo formado cerca de 8 mil alunos desde então. Por ano, são realizadas duas formaturas, sendo esta a primeira, reunindo 10 turmas de escolas estaduais e municipais. O programa atinge em média 450 crianças por ano em Penha.
A instrutora do PROERD foi homenageada durante a cerimônia, recebendo um buquê de flores das mãos da Secretária de Educação de Penha, Suselli Anacleto Batista. A prefeitura é parceira do programa através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEDUC), e forneceu todas as camisetas para os formandos, além de 20 bichinhos de pelúcia, dos quais 10 foram para premiar as melhores redações do concurso promovido pelo PROERD entre seus alunos, e outras 10 sorteadas entre os demais formandos. Os bichinhos de pelúcia eram do DAREN, o leão mascote do programa, que também compareceu à cerimônia, como sempre posando para muitas fotos com os presentes.
Outro brinde sorteado foram 04 bicicletas, que foram doadas por empresários locais, também presentes na cerimônia, como outras autoridades municipais. A formatura foi organizada também pelo SEDUC, que fez toda decoração do local. “O PROERD uma pareceria entre escola, família e polícia militar em que pais e alunos e professores interagem pedagogicamente com o objetivo de prevenir as drogas e a violência”, apontou a secretária de educação de Penha, Suselli Batista.               
O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência oferece atividades educacionais voltadas à prevenção ao uso de drogas e à violência nas instituições de ensino. De acordo com a metodologia do curso, o policial deve comparecer fardado à escola uma vez por semana, acompanhado do professor da turma. O Proerd é a versão brasileira do programa DARE (Drug Abuse Resistence Education), implantado inicialmente nos Estados Unidos e, atualmente, desenvolvido em mais de quarenta países conveniados.