Prefeito de Penha decreta Estado de Emergência devido fortes Chuvas
Sáb, 13 de Janeiro de 2018 13:04

O Prefeito de Penha Aquiles da Costa decretou Estado de Emergência no município nesta quinta-feira, dia 11. A medida é decorrente da situação que a cidade se encontra após a forte enxurrada que aconteceu entre a noite de quarta-feira (dia 10) e madrugada de hoje, por conta da forte chuva que atingiu a cidade. Dados da Defesa Civil de Santa Catarina apontam que a cidade recebeu em menos de 12 horas 152 milímetros de chuva. “Em 24 horas caiu 180 milímetros, o equivalente a um mês de chuva”, revela o coordenador da Defesa Civil de Penha, Edpo Cristiano Bento. As estatísticas apontam que Penha foi a segunda cidade mais afetada pelas chuvas em Santa Catarina, atrás apenas de Florianópolis.
Todos os bairros do município de Penha foram atingidos pelas inundações. Gravatá, Praia de Armação de Itapocoróy, Nossa Senhora de Fátima, Santa Lídia, Centro, São Nicolau e São Cristóvão, além das localidades de Olaria, São Francisco de Assis e Praia de São Miguel, contabilizando mais de 100 ruas alagadas.
Cerca de 20.000 pessoas foram afetadas direta ou indiretamente pelo incidente, com ruas totalmente alagadas, impossibilitando sua locomoção. Quatro mil pessoas tiveram suas residências inundadas. Destas, 500 ficaram desalojadas. Paredes e muros ruíram, muitas famílias perderam todos os móveis e roupas, pousadas e hotéis atingidos tiveram que remover seus hóspedes, e até veículos foram arrastados pela correnteza que transformou várias ruas de Penha em verdadeiros rios.

Leia mais...
 
Gilmar é preso e confessa ter matado professor indígena
Sáb, 13 de Janeiro de 2018 13:03

Penha/SC - Suspeito de matar o professor indígina Marcondes Namblá, de 38 anos, foi preso nesta sexta-feira (12) em Gaspar, no Vale do Itajaí, e confessou o crime, segundo a Polícia Civil. As agressões que levaram o professor indígena à morte ocorreram em Penha.
Gilmar César de Lima é suspeito de espancar o indígena na madrugada de 1º de janeiro no Centro da cidade. As agressões provocaram a morte da vítima, no dia seguinte.

Leia mais...
 
Indígenas fazem cerimônia religiosa e protesto contra morte de índio espancado em Penha
Sáb, 13 de Janeiro de 2018 12:51

Penha/SC - Na tarde de quarta-feira (10), Indígenas fizeram cerimônia religiosa e protesto em Penha, contra o assassinato de Marcondes Namblá, de 38 anos. Os atos foram feitos, onde ele foi espancado na madrugada de janeiro.
Cerca de 200 indígenas do grupo Xokleng de José Boiteux, no Vale do Itajaí, participam do protesto, disse o cacique Caruso Tschvu Patê .

Leia mais...
 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL